Pais e Filhos

Como lidar com crianças nascidas com os smartphones?

6 de outubro de 2016 2 comentários

Kanal K no Divã: Como lidar com as crianças da geração dos tablets e smartphones?

É fato que não sabemos como lidar com a geração que parece já ter nascido sabendo utilizar tablets, smatphones e laptops. São dúvidas e mais dúvidas! Por quanto tempo meu filho de 3 anos pode ficar de olho no Youtube? E os demais aplicativos? Isso é sadio? Devo levar o tablet para o restaurante? Meu filho não tem celular mas o colega tem, e agora? São perguntas que atormentam pais e mães de todas as idades! Pensando em aliviar um pouco essa preocupação, o Kanal K vai para o Divã com a psicóloga Carla Broecker, a entrevistada da nova websérie Pais & Filhos. A cada novo episódio, os internautas terão um #ficaadica, com informações resumidas e úteis sobre como lidar com a situação.

Na websérie Pais&Filhos, vamos desbravar esse universo. Preste atenção em alguns dados: no ano passado, a Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Canadense de Pediatria recomendaram limites para a exposição das crianças a todo tipo de mídia (televisão, games, internet, smartphones etc.). Para as entidades, o ideal é que apenas depois dos 2 anos de idade as crianças comecem a ter contato com esses aparelhos e por tempo limitado. Até os 5 anos, as crianças só deveriam ficar no máximo 1 hora diante das telas. O tempo aumenta para 2 horas para crianças de 6 a 12 anos e para 3 horas a partir dos 13 anos. Para mais informações, conecte-se com a gente, assistindo o vídeo e mandando perguntas! Estamos em todas as redes sociais, aproveite!

Você também pode se interessar